sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Não deu. Mas outro vai dar

Não deu certo. O emprego que eu estava esperando tanto não saiu. Ou melhor, poderá sair desde que eu faça um curso de 2 meses (não remunerado, claro) e passe por uma avaliação.
Não me preocupa a avaliação. Me aborrece ter que desistir, pois não dá pra fazer um curso de 6 horas diárias sem receber alguns dinheiros.
Me frustrei. Me aborreci. Não dormi direito pensando na mesmice em que vou ficar.
Trabalho bastante com os maracujás, mas não tenho grana. Vou pro Ceasa antes das 6 da manhã, faço a feira de quarta e a de domingo e não tenho dinheiros pra me agradar um pouco.
Tem nada não. Daqui a pouco consigo outro.
Enquanto isso, estou aceitando qualquer receita, de qualquer coisa, que eu possa fazer com maracujás. Não vale suco nem mousse.
Tô na luta.

CARPE DIEM

4 comentários:

LauraReis disse...

vai dar sim!

Taffarel Brant . disse...

Bombom de maracujá é uma boa pedida!

Priscila disse...

Olá! Acompanho o blog há algum tempinho e não pude deixar de comentar, pois amo cozinha. Com maracujá dá para fazer bombons, como o Taffa disse (o recheio da fruta é semelhante a brigadeiro: leite condensado, suco concentrado e creme de leite), bolo (fica lindo com aquela calda da fruta com as sementinhas), as famosas truffas (chocolate branco, suco concentrado e creme de leite), uma espécie de biscoitos (http://pecadodagula.blogspot.com/2009/10/ioios-de-maracuja.html), cocadas e por aí vai, tem que dar asas a imaginação. bjos!!!

umdia disse...

Priscila! Brigadão, de verdade! Vou visitar o site. Bj